Publicado em

Estresse no Trabalho: Guia prático para acabar com este mal

A vida moderna é cheia de dificuldades, prazos e frustrações. Para muitas pessoas, o estresse é tão comum que se tornou um modo de vida. O estresse nem é sempre ruim. Em pequenas doses, pode ajudá-lo a trabalhar sob pressão e motivá-lo a fazer o seu melhor. Mas ficar constantemente em estado de alerta pode sobrecarregar o corpo. Reconheça os sinais de perigo e proteja-se contra os efeitos nocivos do estresse.

O que é o estresse?

O estresse é uma resposta física normal a eventos que o fazem sentir ameaçado ou perturbam seu equilíbrio de alguma forma. A resposta ao estresse, é o modo pelo qual o corpo busca se proteger. Estando presente em quantidade equilibrada, ele ajuda a manter o foco, a energia, e o estado de alerta. Em situações de emergência, o estresse pode salvar a sua vida, dando-lhe a força extra para defender-se, por exemplo, estimulando a pisar no freio para evitar um acidente.

Mas, para além de um certo ponto, o estresse deixa de ser útil e começa a causar grandes danos à sua saúde, humor, produtividade, relacionamentos e qualidade de vida.

Resposta do corpo ao estresse

Quando uma ameaça é percebida, o sistema nervoso responde liberando uma enxurrada de hormônios do estresse, incluindo adrenalina e cortisol. Esses hormônios despertam o corpo para a ação de emergência.

O coração bate mais rápido, músculos se contraem, a pressão arterial sobe, a respiração acelera, e os sentidos tornam-se mais aguçados. Estas mudanças físicas aumentar a força e resistência, acelerar o tempo de reação, e melhorar o foco, preparando o corpo para lutar ou fugir do perigo.

É importante aprender a reconhecer quando os níveis de estresse estão fora de controle. A coisa mais perigosa é que nos acostumamos ao estresse. Ele começa a parecer normal. As pessoas passam a não perceber o quanto são afetadas e o forte impacto em suas vidas.

Sinais e sintomas de sobrecarga de estresse

A lista a seguir mostra sinais de alerta e sintomas cognitivos, fícicos e emocionais comuns de stress. Quanto mais sinais e sintomas presentes, mais próximo a pessoa está de uma sobrecarga:

  • Problemas de memória
  • Incapacidade de concentração
  • Ver apenas o lado negativo das situações
  • pensamentos ansiosos ou de fuga
  • Preocupação constante
  • Mau humor
  • Irritabilidade ou pavio curto
  • Agitação, incapacidade de relaxar
  • sentimento de sobrecarga
  • sensação de solidão e isolamento
  • Depressão ou infelicidade geral
  • Dores
  • diarreia ou obstipação
  • Náuseas, tonturas
  • Dor no peito, batimentos cardíacos acelerados
  • Perda de desejo sexual
  • Queda de cabelos
  • resfriados freqüentes
  • Comer mais ou menos
  • Dormir demais ou muito pouco
  • Isolar-se dos outros
  • procrastinar ou negligenciando responsabilidades
  • o uso de álcool, cigarros ou drogas para relaxar
  • Hábitos nervosos (por exemplo, roer as unhas, a estimulação)

Tenha em mente que os sinais e sintomas de estresse também pode ser causado por outros problemas psicológicos ou médicos. Se você está enfrentando algum dos sinais de aviso de estresse, é importante consultar um médico para uma avaliação completa. Seu médico pode ajudá-lo a determinar se ou não os seus sintomas são o stress relacionado.

Causas de estresse

As situações e pressões que provocam estresse são conhecidas como fatores de estresse. Nós normalmente pensamos de estressores como sendo algo negativo, como um horário de trabalho exaustivo ou uma relação complicada. No entanto, tudo o que coloca grandes exigências sobre alguém ou o obriga ase ajustar a uma situação pode ser estressante. Isso inclui eventos positivos, como se casar, comprar uma casa, ir para a faculdade, ou receber uma promoção.

É claro que nem todo o stress é causado por fatores externos. O estresse também pode ser auto-gerada, por exemplo, quando há preocupação excessivamente com algo que pode ou não acontecer, ou ter pensamentos pessimistas sobre a vida.

O que causa estresse depende, pelo menos em parte, da percepção de cada um. Algo que é estressante para você não pode faze outra pessoa. Por exemplo, seu trabalho pela manhã pode deixá-lo ansioso e tenso, porque você se preocupa que o tráfego vai fazer você tarde. Outros, no entanto, pode encontrar a viagem relaxante, porque eles permitem tempo mais que suficiente para ouvir música enquanto dirigem.

Efeitos do estresse crônico

Ocorre quando o corpo não faz distinção entre as ameaças físicas e psicológicas. Quando se está estressado sobre uma agenda lotada, uma discussão com um amigo, um engarrafamento, ou uma montanha de contas, o corpo reage tão fortemente como se estivesse diante de uma situação-vida ou morte. Se existem muitas de responsabilidades e preocupações, a resposta ao estresse de emergência pode estar ligada a maior parte do tempo. Quanto mais tempo o Sistema de estresse permanece ativado no corpo, mais difícil se torna para desligá-lo.

A exposição prolongada ao estresse pode levar a sérios problemas de saúde. O estresse crônico perturba quase todos os sistemas do organismo. Isso pode aumentar a pressão arterial, suprimir o sistema imunitário, aumentar o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral, contribuir para a infertilidade, e acelerar o processo de envelhecimento. Estresse de longo prazo pode até mesmo reprogramar o cérebro, deixando-o mais vulnerável a ansiedade e depressão.

Lidando com o estresse e seus sintomas

O estresse em excesso é inegavelmente prejudicial, mas as pessoas possuem mais controle sobre seus níveis de stress do que imaginam. Infelizmente, muitas pessoas tentam lidar com o estresse de uma maneira que só agrava o problema, como beber demais para relaxar no final de um dia estressante, encher-se de comidas, ficar na frente da TV ou do computador por horas, usar pílulas para relaxar ou aliviar o stress, ou discutindo com outras pessoas. No entanto, há muitas maneiras saudáveis de lidar com o estresse e seus sintomas.

Já que todo mundo tem uma resposta única para o estresse, não existe algo que funcione universalmente. Nenhum método funciona para todos ou em qualquer situação, então experimentar com diferentes técnicas e estratégias. No entanto, busque foco naquilo que o faz se sentir calmo e controlado.

Para queda de cabelo por exemplo, os efeitos são inúmeros, mas você pode buscar como fazer o cabelo parar de cair dentro de artigos científicos na internet ou através de um dermatologista de confiança.

Aprenda a gerir o stress

Gerir o stress depende da forma como se toma conta dos pensamentos, emoções, agenda, o ambiente, bem como a forma como lidar com os problemas. Envolve a mudança da situação estressante quando é possível, alterando a reação quando você não pode, cuidando de si mesmo, e buscando tempo para descansar e relaxar.

É possível lidar melhor com os sintomas de estresse através do reforço da saúde física. Apresentamos as seguintes dicas:

  • Separe um tempo de relaxamento. As técnicas de relaxamento, como ioga, meditação e respiração profunda ativar resposta de relaxamento do corpo, um estado de serenidade que é o oposto da resposta ao estresse.
  • Exercite-se regularmente. A actividade física desempenha um papel chave na redução e prevenção dos efeitos do stress. Nada supera o exercício aeróbico para liberar o estresse e tensão reprimida.
  • Manter uma dieta saudável. Corpos bem nutridos estão melhor preparados para lidar com o estresse. Comece o dia com um café da manhã saudável, reduzindo a ingestão de cafeína e açúcar, e cortando o alcool e a nicotina.
  • Durma ao menos 8 horas. O cansaço pode aumentar o estresse, causando irritação. Mantenha a calma, obtendo uma boa noite de sono.
Publicado em

Abacaxi emagrece ?

O abacaxi é uma fruta de baixa em calorias e alto poder de saciedade, tornando-se um grande aliano em qualquer programa de perda de peso. Infelizmente, ele – como todos os outros alimentos – não possuem poderes mágicos de queima de gordura. A melhor maneira de queimar gordura é seguir uma dieta rica em alimentos integrais, de quantidade reduzida de calorias juntamente com um plano de exercícios físicos contínuos, que incluam tanto aeróbicos quanto musculação.

Abacaxi contém uma enzima chamada bromelina, que ajuda o corpo a digerir proteínas. Consumir abacaxi – ou bromelina suplementar – pode ajudar as pessoas que não têm enzimas digestivas auficientes a digerir melhor os alimentos. Isso não significa que a fruta irá quebrar esses alimentos mais rápido ou impedi-los de serem armazenados como gordura. A Bromelina não tem o poder de ajudá-lo a processar a gordura mais rápido ou queimá-lo, apesar das afirmações feitas por pílulas de perda de gordura e suplementos.

Mito da caloria negativa

Você pode ter ouvido que o abacaxi, como aipo e brócolis, na verdade, contém calorias “negativas”. Os defensores dessa crença afirmam que é preciso mais calorias para digerir esses alimentos ricos em fibras do que a quantidade que eles fornecem. Esse efeito térmico, o custo de energia da digestão, é geralmente muito menor e não é suficiente para afetar significativamente o seu peso ou a capacidade do metabolismo para queimar gordura.

Atributos positivos

Uma xícara de abacaxi cortado em pedaços contém apenas 82 calorias, com mais de 2 gramas de fibra. Esta fibra não só mantém seu aparelho digestivo funcionar de forma eficiente, assim como ajuda a eliminar inchaço abdominal, e também ajuda na sensação de estar saciado, diminuindo a vontade de comer mais, mesmo que sem necessidade..

O melhor método

Não existe um atalho para eliminar a gordura corporal. Este processo pode ser demorado e depende de uma nutrição saudável e xercícios físicos regulares. Queime calorias em excesso através de exercício como correr, andar de bicicleta, andar de energia e aeróbica. Especialmente eficaz no combate à gordura é o treinamento intervalado de alta intensidade. Exercícios musculares realizados de duas a quatro vezes por semana também ajuda na perda de peso e no desenvolvimento de músculos; um corpo que tem uma maior percentagem de músculo tem um metabolismo mais alto, fazendo com que a perda de gordura seja mais fácil. O abacaxi pode estar presente após os treinos, ajudando na reposição de líquidos.

Publicado em

Dicas e métodos rápidos de aumento de seios funcionam?

Ter os seios pequenos é algo que mexe muito com a autoestima da mulher. Devido aos altos padrões de beleza nos dias de hoje, a mulher acaba se sentindo diminuída perante ás que não tem esse problema e podem mostrar um belo busto em uma festa, piscina e outros. Muitas cogitam inclusive, usar próteses de silicone para resolver seu problema.

Uma vez vi uma reportagem até estranha sobre seios caídos, nesse caso. Algumas mulheres estavam fazendo uso de uma cola para seios. Isso mesmo! Uma cola para manter os seios firmes e na posição correta. Parece piada, mas não é. Não sei qual a idéia dos produtores deste artefato mas imagine o namorado ou ficando vendo aquela cena na hora do sexo. Como explicar uma coisa dessas, mas enfim…

Algumas soluções têm surgido como o creme para aumentar seios , e as pílulas que prometem aumentar os seios de uma forma considerável, o que tem deixado algumas adeptas bem felizes, por sinal.

Não fiquem mal meninas, pois pensando nisso, hoje nós separamos uma lista de dicas matadoras para você começar a usar ainda hoje e em pouco começar a ver, com os próprios olhos, o efeito de crescimento em seu busto.

Você sabia que existem alimentos específicos que podem ajudar no aumento dos seios? Sim, eles têm por premissa que serem ricos em estrogênio. Dica: Quando estiver trabalhando este tipo de dieta, evita qualquer consumo de cafeína e derivados deles, como chá, café preto, etc., pois eles anulam a ação do estrogênio.

Sementes de linhaça são uma ótima opção para este tipo de dieta, coma uma porção diariamente e comece a ver os resultados.

Soja, a soja deve ser consumida na forma de leite, um copo por dia, apesar de não possuir tanto estrogênio quanto o antecessor, pode ainda assim ser um grande aliado no aumento da mama.

Tofu, é uma ótima opção por ser o terceiro alimento no mundo com a maior concentração de estrogênio.

Seguindo uma dieta como essa, com toda certeza você colherá os benefícios e poderá em breve desfilar mostrando seios maiores e não se sentirá mais triste como antes.

Veja aqui uma reportagem que aborda em detalhes esse assunto.

Publicado em

8 Benefícios do Chá Verde Que Você Precisa Conhecer

Originário da China e amplamente consumido em toda Ásia, o chá verde, usado como um remédio há milhares de anos, possui uma infinidade de usos. O modo de processamento do chá verde faz com que ele apresente mais benefícios que o chá preto, que é processado de modo a permitir a fermentação, o que não ocorre com o verde. Como resultado, o chá verde mantém a máxima quantidade de antioxidantes e polifenóis. Substâncias que proporcionam, ao chá verde, seus muitos benefícios.

qui está uma lista de alguns dos seus benefícios surpreendentes – benefícios que você pode não ter tido conhecimento.

1 – Perda de peso. O chá verde aumenta o metabolismo. O polifenol encontrado no chá verde trabalha para intensificar os níveis de oxidação de gordura e a taxa em que seu corpo transforma alimentos em calorias.

2 – Diabetes. O chá verde, aparentemente, ajuda a regular os níveis de glicose retardando o aumento do açúcar no sangue depois das refeições. Isso pode evitar altos picos de insulina e armazenamento de gordura.

3 – Doenças cardíacas. Os cientistas pesquisam a possibilidade do chá verde trabalhar no revestimento dos vasos sanguíneos, ajudando a mantê-los relaxados e capazes de resistir a mudanças na pressão arterial. Pode também proteger contra a formação de coágulos, que são a principal causa de ataques cardíacos.

4 – Câncer de esôfago. Pode reduzir o risco de cancêr do esófago, mas também é amplamente pensado para matar as células cancerosas em geral, sem danificar o tecido saudável em redor deles.

5 – Colesterol. O chá verde reduz o mau colesterol no sangue e melhora a taxa de colesterol bom em relação ao mau colesterol.

6 – Alzheimer e Parkinson. Estudos realizados em ratos mostraram que o chá verde protegida células do cérebro de morrer e restaurou as células cerebrais danificadas.

7 – Cárie dentária. Estudos sugerem que o antioxidante químico “catequina” no chá pode destruir bactérias e vírus que causam infecções de garganta, cárie dentária e outras doenças dentárias

8 – Pressão Arterial. O consumo regular de chá verde é pensado para reduzir o risco de pressão alta.

9 – Depressão. A Teanina é um aminoácido encontrado naturalmente em folhas de chá. É essa substância que é pensado para proporcionar um efeito relaxante e tranqüilizante e ser um grande benefício para os bebedores de chá.

10 – Cuidados Com A Pele. O chá verde, aparentemente, pode também ajudar com as rugas e os sinais de envelhecimento, esta é por causa de sua atividade antioxidante e anti-inflamatórios. Ambos os estudos em animais e humanos têm demonstrado que o chá verde aplicado topicamente pode reduzir os danos do sol.

A quatidade a ser ingerida pode variar de pessoa para pessoa, de duas a cinco xícaras por dia. Um aspecto a salientar é que o chá verde possui cafeína. Portanto, pessoas sensíveis a esta substância devem ir com cautela. O chá verde também contém taninos (que pode diminuir a absorção de ferro e ácido fólico), então quem estiver grávida ou tentando engravidar engravidar deve evitá-lo. Outra dica é misturar o chá verde com ingredientes saudáveis, como gengibre.

Publicado em

Siga estes conselhos simples para ter uma cirurgia plástica segura

Cirurgia plástica é um sonho que muitas pessoas perseguem. Buscam com o processo cirúrgico mais auto estima, bem estar e saúde. Entre eles, melhorar aspectos indesejados no corpo são os objetivos mais comuns. Tornando sua aparência mais atraente e esteticamente superior. Contudo, a cirurgia sempre envolve questões delicadas. A serviços que tentam lhe ajudar a escolher o profissional de cirurgia plástica mais adequado, por exemplo. É preciso pensar muito bem antes de qualquer procedimento que mudará sua vida. Escolhemos aqui cinco conselhos para lhe ajudar na hora de escolher.

Conheça seu médico

Seu médico é o principal responsável pelo sucesso dos procedimentos envolvidos em sua cirurgia plástica. Ele deve ser devidamente qualificado para a área específica e ter experiência na execução de cirurgias como a que irá fazer. Conheça sobre seu histórico, saiba sobre a ótica de clientes. Avalie os resultados alcançados em outros pacientes. Tenha em mente que você irá confiar a ele a mudança que deseja. É importante também que vocês se sintam bem um com o outro, que haja um clima de respeito e todas suas inquietações e dúvidas sejam respondidas.

Conheça-o em pessoa

Antes de você fazer a cirurgia, é imprescindível que você conheça o médico ou cirurgião que irá executar o procedimento. Algumas vezes, em determinadas cirurgias, os pacientes sequer sabem o nome do médico ou o conhecem com antecedência. Sugerimos que se você não puder vê-lo pessoalmente ou encontrá-lo antes da cirurgia, deve buscar outra clinica ou outro profissional. O laço de confiança entre profissional e paciente m cirurgias plásticas muito importante. Pois é através das mãos do responsável pela cirurgia que o sonho irá tornar-se realidade.

 

Pesquise o procedimento

criolipolise-funciona

É fundamental que você saiba tudo sobre a cirurgia plástica que irá fazer. Cada um dos detalhes envolvidos devem ser pesquisados e entendidos. Use a internet como sua aliada na hora de buscar informações, você irá se surpreender com a riqueza de conteúdo que pode encontrar na rede. Veja vídeos, busque relatos de pacientes que fizeram o mesmo procedimento, encontre e interaja em grupos e fóruns sobre o tema. Essa aprendizagem vai ajudar você a pensar melhor ao tomar a decisão de fazer a sua cirurgia. Além disso, lhe dará boas perguntas para verificar dúvidas com seus médicos.

Conselhos são úteis quando nos ajudam a pensar sobre nossas decisões. Esperamos que esses  lhe ajudem a ter uma melhor experiência ao realizar a cirurgia plástica dos seus sonhos. Pra ter ler mais dicas de repouso e procedimento cirúrgico acesse Cirurgia Plástica Porto Alegre. Espero que vocês tenham gostado do artigo.

Deixe seus comentários logo abaixo para que nossa equipe possa responder suas dúvidas!

Publicado em

Estudo encontra conexão entre boa saúde e casamento feliz

Nos Estados Unidos um estudo que ouviu milhares de pessoas casadas durante 20 anos apontou evidências científicas na conexão entre casamento feliz e boa saúde.

O levantamento analisou informações colhidas através de 1.681 pessoas entrevistadas que permaneceram casadas com o mesmo parceiro entre os anos de 1980 e 2000. Os participantes foram divididos em dois grupos: um de casais que tinham entre 18 e 39 anos, e outro de casais entre 40 e 55 anos.

Por 6 vezes durante esse tempo de casados os participantes responderam a perguntas que procuravam medir a felicidade deles no casamento e a existência de problemas conjugais. Os entrevistados também foram convidados a classificar a própria saúde e bem estar como “excelente”, “boa”, “regular” ou “ruim”.

A conclusão da pesquisa foi que há uma relação direta entre a felicidade dos casais e uma boa saúde, independentemente da idade dos cônjuges, embora os cientistas não tenham chegado a uma conclusão sobre qual desses fatores – a saúde ou felicidade – desencadeou o outro.

Mas suspeitam que quando aparece um problema de saúde entre os casais, há muito descanse emocional para cuidado e atenção, fazendo que haja um desequilíbrio entre o tempo e a dedicação que cada cônjuge tenha um com o outro. Algumas das entrevistadas chegaram até relacionar a decoração de casamento como um motivo para a discordai entre o casal.

E nada como uma decoração de casamento simples para manter a calma e a economia no bolso do casal, o que afeta diretamente a saúde e o bem estar.

Publicado em

As novidades do mercado para viver saudável e economizar

Praticar qualquer modalidade esportiva exige um certo investimento em equipamentos e/ou acessórios de qualidade. Corrida (um bom tênis), montanhismo (botas, boné, mochila, bússola), natação (maiô, sunga, touca), ciclismo (uma bike, capacete, óculos), e por aí vai. Muitas vezes os gastos podem ir além do esperado afinal, bons equipamentos que aliem tecnologia a durabilidade, não são baratos.

Tem quem goste de comprar apenas em lojas físicas, mas cresce a cada dia o número de compradores via internet. Recentemente uma pesquisa realizada pelo site E-bit mostrou que só no ano passado 9,1 milhões de pessoas compraram pela internet pela primeira vez no Brasil (sem contar os que já compram).

As grandes marcas e lojas esportivas (de roupas, acessórios, equipamentos para academias, suplementos, bikes, e outros…) estão de olho nestes números. Todas as grandes marcas possuem lojas online mas elas continuam investindo em novidades e parcerias para conquistar os compradores e adeptos de esportes.
Além das promoções no próprio site, a Nike, Netshoes, Kanui e lojas como DafitSports, tem buscado parcerias com sites de cashback para atrair os clientes.

Neste tipo de site, que já é sucesso no exterior e chegou no Brasil em 2012 com o site Poup, parte do valor pago em compras online é retornado para o comprador. Isso mesmo. É como se fosse um programa de fidelidade, mas ao invés de receber pontos você pode receber o dinheiro de volta. Parece mentira, mas isso existe e funciona. Basta comprar através do site parceiro. O sistema é simples e vale a pena dar uma olhada lá.

Outra estratégia usada é o uso do cupom de desconto em vários produtos para atrair os clientes e fazer cair o valor final da compra. Este é mais conhecido dos internautas. Cupons de descontos são códigos que fazem o preço baixar na hora de efetuar a compra. Tem cupom de desconto Netshoes de 10%, 30% e até 70% em datas especiais. Vale um clique no site para ver as ofertas, mesmo que seja de curiosidade (são atualizadas constantemente).

O que parece um negócio ruim para as lojas, é um grande negócio para os esportistas que sabem bem o quando custa ter bons equipamentos para manter o seu hobby, ou se manter na profissão. Ganham elas que atraem milhões de pessoas e ganhamos nós que queremos e merecemos ter a chance de ter bons produtos. Sendo assim, vale a pena conferir as novidades no mercado.

Publicado em

ICB-USP apresenta resultados animadores de fármaco contra hipertensão

Um novo medicamente em fase de testes pela Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP), demostrou resultados animadores e eficazes em relação a hipertensão.

Os ratos com hipertensão que receberam a substancia chamada rostafuroxina melhoraram em 50% a sua capacidade de relaxamento das artérias, reduzindo significamente os índices de pressão arterial.

O resultados dos testes foram publicados Journal of Hypertension.

“A rostafuroxina é um fármaco antagonista das ações da ouabaína, hormônio responsável por fazer o controle fino do manuseio de sódio no rim, da volemia [quantidade de sangue circulando no corpo] e das concentrações intracelulares de cálcio nos vasos sanguíneos e no coração. Estudos anteriores mostraram que 45% dos pacientes hipertensos apresentam concentrações elevadas de ouabaína no plasma”, contou a pesquisadora Luciana Venturini.

A ouabaína é produzida em áreas específicas do sistema nervoso central e da glândula suprarrenal e é capaz de inibir a ação das enzimas Na+/K+/ATPase, conhecidas como bomba de sódio (Na+) e potássio (K+), existentes na membrana das células do ser humano e responsáveis por regular o transporte desses íons entre os meios intra e extracelular.

“A enzima Na+/K+/ATPase é de fundamental importância para manter a homeostasia [equilíbrio fisiológico da composição química dos fluidos] nas células. No caso dos vasos sanguíneos, ela controla as concentrações intracelulares de sódio e, como consequência, mantém as concentrações ideais de cálcio”, explicou Luciana.

Experimento

Na primeira semana de tratamento o grupo de ratos com hipertensão severa apresentou queda na pressão aterial. Após três semanas do experimento, o valor da pressão sistólica dos animais diminuiu e a pressão arterial passou a ser considerada como hipertensão leve.

“Estamos bastante esperançosos em relação aos resultados e acreditamos que a rostafuroxina possa em breve se tornar mais uma opção para tratar os quadros de hipertensão resistente, que geralmente requerem a associação de três ou mais drogas diferentes”, concluiu a cientista Luciana.

Com informações da Agência Fapesp

Publicado em

O que perguntar ao Personal Trainer antes de contratá-lo?

Ao escolher um personal, lembre-se que está contratando alguém que irá trabalhar com você. Trate sua primeira reunião como uma entrevista de emprego. Não tenha medo de perguntar sobre a filosofia de treinamento e as ações específicas que ele pretende implementar para ajudá-lo a alcançar seus objetivos. Aqui estão algumas perguntas que devem ser  feitas:

  • Quais suas qualificações e credenciais?
  • Quais técnicas motivacionais usadas para ajudar seus clientes a alcançar seus objetivos?
  • Ao conhecer os meus objetivos de fitness específicos, que tipo de plano de treino será desenvolvido?
  • Possui clientes atuais com quem pode entrar em contato e pedir referências?

Este primeiro encontro deve acontecer sem comprometimentos. Não se importe em conversar com quantos treinadores diferentes forem necessários antes de se comprometer a contratar seus serviços.  Existem diversos treinadores com personalidades e estilos diferentes, por isso não tenha pressa de pesquisar até decidir qual é o melhor para você.

Também é importante questionar os detalhes do pacote de treinamento, tais como:

– Que tipo de pacotes é oferecido? Normalmente, paga-se um mês completo, mas é essencial saber o custo da hora/aula. Também pergunte sobre as formas de pagamento:   mensal, integral ou adiantado, por sessão, ou parcelado ao longo do tempo.

– Existe a possibilidade comprar aulas únicas ao invés de um pacote fechado?

– Qual a política de reembolso, caso pague antecipado e não me adeque a metodologia e queira desistir?  Se for contratado pela academia que frequenta, pergunte sobre as possibilidades de troca do personal caso ele saia do emprego ou você não goste da metodologia.  Questione a possibilidade de obter o dinheiro de volta.

– É possível fazer aulas com vários alunos? Normalmente, o treinamento em grupo custa menos por pessoa. Se for formado um grupo para se exercitar, pergunte se profissional oferece descontos.

– Se comprar um pacote por número de horas/aula, sem horários determinados, há um certo período de tempo para usá-lo? Verifique se o pacote não irá expirar antes de você ter a chance de usar todas as sessões que você pagou.

– Quais os  horários disponíveis para o treino? Se o treinador não estiver disponível nos horários que são bons para voce e não exista a possibilidade de conciliar, não tenha receio de procurar por outro profissional.

– Qual metodologia e frequência de avaliações físicas realizadas? Avaliações como o teste de gordura corporal, força, flexibilidade e testes de resistência vão ajudar o seu treinador avaliar o seu nível de condicionamento físico inicial e criar um programa de exercício seguro. Normalmente, estas avaliações devem ser  executadas  ao longo do tempo e são as bases para ajustar o seu programa de treino.

– Qual a política de cancelamento de aula? Muitos treinadores exigem entre 24-48 horas de antecedência para o cancelamento da aula, sem que se tenha que pagar por ela.

Se ainda não estiver seguro, converse com o personal sobre a possibilidade de realizar uma atividade experimental ou assistir a uma de suas aulas com outros alunos.

Em geral, contratar um personal trainer possibilita que a prática de exercícios físicos se torne algo mais agradável, eficaz e orientada para as suas necessidades específicas. É importante fazer a lição de casa antes de fechar negócios com seu treinador,  assegurando-se da qualidade dos serviços que serão prestados. A satisfação quanto a realização de um bom investimento potencializa o caminho para alcançar seus objetivos de saúde e boa forma.